Buscar
  • Nai Rodrigues

Como ser uma donzela



Donzela.


Uma palavra bonita, não? Tão comum antigamente, hoje é pouco utilizada. O motivo? Provavelmente pelo esvaziamento dos símbolos que os títulos carregam, ou pior ainda, porque há poucas donzelas entre nós.


A palavra donzela era atribuída às filhas de reis e fidalgos antes do matrimônio, ou às aias de pessoas nobres, as chamadas damas da corte. Logo, as mulheres que tinham ligação com a nobreza eram chamadas assim. Porém, esse pronome de tratamento não era dado somente às mulheres da corte, mas a todas aquelas que eram moças virgens, de caráter honroso. Logo, a palavra não se referia apenas à nobreza de título, mas estava mais intimamente ligada à nobreza de caráter.


Mas como obter essa nobreza de caráter?


O primeiro passo é ter um objetivo fixo. Se o seu desejo é ser uma donzela apenas pela boa aparência que isso pode trazer à sua pessoa, desista: você não terá a força necessária para seguir em frente e, além disso, a máscara da farsa logo irá se romper. O único motivo pelo qual o desejo de ser nobre, casta, modesta e delicada se sustenta, é se tudo isso for feito por amor à Deus.


Infelizmente, vemos muitas pessoas que tentam manter a reputação de nobreza de caráter, mas pouco tempo depois percebe-se a ardilosidade de suas palavras e as más inclinações de suas intenções. Isso porque há uma busca de aparências, não de reais mudanças; têm-se como objetivo agradar aos homens, em vez de glorificar a Deus.


O segundo passo é procurar espelhar-se nas donzelas que a Santa Igreja canonizou: as virgens mártires, como Santa Inês e Santa Águeda; as grandes esposas e mães, como Santa Mônica, Santa Rita de Cássia e Santa Zélia Martín; e aquelas que escolheram ser esposas de Cristo como Santa Teresinha do Menino Jesus. E claro, ter sempre em vista a donzela das donzelas, a Virgem Maria. Ninguém possuiu tanta nobreza de alma quanto ela. Ainda que pobre materialmente, viveu como a rainha de todas as virtudes, e ninguém deve duvidar de sua delicadeza de alma.


E como viver como estas mulheres?


O padre Henrique Müller, sacerdote da Congregação do Verbo Divino, escreve em seu pequeno livreto intitulado "Como te tornarás feliz? Conselhos para as donzelas cristãs", uma lista com 9 obrigações das donzelas e, creio eu, se vivermos bem estas obrigações, já teremos percorrido grande parte do caminho. São eles:


1. Em todas as ações guardar a suma modéstia.

É comum hoje que quando se fale a palavra "modéstia", logo venha a nossa mente as roupas e a decência no vestir-se. Isso não está errado, mas de modo algum está completo. Viver a Santa Modéstia também está ligado ao modo de portar-se, de agir, de falar. Em tudo o que se faz é necessária a pureza de intenção, a delicadeza no trato, a inocência e a mansidão no olhar. A mulher verdadeiramente modesta é aquela que busca o coração puro.


2. Ser muito considerada nas palavras.

Nada de tagarelice. A donzela não busca falar o tempo todo, porque sabe que quando não se mede bem as palavras, fala-se o que não deve. É importante ter sempre em mente que as palavras devem ser usadas apenas para edificar o outro, nunca para murmurar, maldizer. É válido aqui o conselho de Dom Bosco: "Do próximo, ou falar bem, ou calar a boca". É válida também a regra: se não tens nada de bom e útil a acrescentar, não fale nada.


A donzela é amiga do silêncio. Não o vê como inimigo, como algo ruim, mas como um bom companheiro, pois reconhece seu valor. Se uma mulher age assim, suas palavras serão sempre muito bem ouvidas e acolhidas, pois percebe-se a sua intenção exclusiva de ajudar a santificar.


3. Não desejar ver nem ser vista. A donzela é discreta. Ela não busca chamar a atenção para si, pelo contrário, quer ser a última a ser vista. Logo no início do Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem, São Luís Maria Grignion de Montfort nos escreve que "Toda a sua vida Maria permaneceu oculta; por isso o Espírito Santo e a Igreja a chamam Alma Mater - Mãe escondida e secreta. Tão profunda era a sua humildade que, para ela, o atrativo mais poderoso, mais constante era esconder-se de si mesma e de toda criatura, para ser conhecida somente de Deus." E Maria, tanto buscou esconder-se, que Deus a coroou e a tornou a mulher mais conhecida de nossos tempos, porque ela soube que de nada valia ser reconhecida pelos homens, pois esta terra é fútil e passageira: seu desejo estava nas coisas celestes.


4. Não vestir com vaidade. Este é um ponto complementar do 1º e do 3º item. Mas, sobre ele, é importante frisar: de nada adianta vestir-se com decência e querer ser exaltada por isso. O fato de você usar apenas saias não te faz santa; usar somente blusas de manga não te faz modelo para outras mulheres, nem te dá autoridade para julgá-las e condená-las. A donzela se veste com decência para exaltar a Deus.


Da mesma forma, não significa que devemos nos vestir mal, para não provocar a vaidade: é preciso vestir-se de maneira que exalte a beleza, mas que defenda a dignidade.


5. Fugir de conversas a sós com homens.

Este ponto pode parecer absolutamente ridículo e pode ser visto como uma regra tola nos dias atuais, mas acreditem que isso só tornou-se "tolo", porque as mulheres de hoje não se preocupam mais em preservar sua honra. Quando se diz que não se pode conversar a sós com um homem, não significa que não se pode ter amigos homens, mas que deve-se evitar toda e qualquer situação em que se possa haver ocasião de pecado e escândalo. A guarda da pureza não admite brechas e, além disso, o fato de você ficar sozinha com um homem a quem considera como amigo, mesmo que não tenha nada entre vocês, afasta possíveis pretendentes.


6. Abominar os namoros, bailes, teatros, etc.

Nesse ponto, é importante salientar que trata-se de abominar os divertimentos de caráter imoral. É claro que você pode ir ao cinema, é claro que você pode assistir uma peça de teatro ou dançar e, claro, você pode namorar. O que se põe em questão é o ambiente e a intenção daquela ação. O filme ou peça teatral que você quer assistir tem elementos que mancham a pureza? Você vai dançar com o propósito de atrair olhares para si? O ambiente do baile e a música ferem a castidade? O namoro é apenas um divertimento, sem reta intenção de casamento? Se a resposta para estas perguntas for "sim", fuja.


7. Amar os exercícios de piedade.

Como colocado no começo deste texto, a mulher precisa saber o motivo de querer ser uma donzela. E para tanto, é preciso que seus olhos estejam fixos no Amado. A vide de oração e piedade é o respiro da alma. Sem eles, a alma está morta e não há como sustentar a nobreza do caráter, como adquirir as virtudes.


8. Não estar ociosa, nem um só momento. Santo Agostinho diz: "O ocioso caminha devagar; por isso todos os vícios lhe alcançam". Nada mais feio do que a imagem de uma mulher preguiçosa. O ócio contraria a nossa natureza, que é dada ao amor, e amar é a completa doação de si mesma. Procure ocupar o tempo com coisa santas e agradáveis a Deus. Trabalhe, estude, reze, sirva. E nos tempos que sobrarem, não fique deitada, como se estivesse largada: busque aprender algo. É uma vergonha ver mulheres que, até com certo brilho de orgulho, dizerem que não sabem cozinhar, ou que nunca limparam a casa. Não há desculpas para isso: sirva. Se não sabe, aprenda. Há muita gente ensinando muita coisa gratuitamente na internet. Só fica ocioso quem quer.


9. Fazer alguma discreta mortificação.

O sacrifício é algo absolutamente repudiado em nossa sociedade hedonista, que vive pelo e para o prazer. Mas a donzela compreende que é o sacrifício que o caráter é forjado. Quando falo de sacrifício não digo para usar flagelar-se. É tirar coisas que te agradam, como o doce depois das refeições, ou fazer coisas que desagradam, como lavar a louça. Essas mortificações robustecem o espírito e nos conferem a virtude do autodomínio, e a donzela cristã sabe dominar os seus impulsos.


Que possamos todas nós, jovens, adultas, idosas, solteiras, casadas e viúvas, sermos donzelas de Cristo, de alma nobre e coração amoroso!


Com carinho,

Nai.


71 visualizações1 comentário

©2020 por De menina a mulher. Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now